Resquícios Olímpicos – Bola ao cesto

Ainda na onda das Olimpíadas, não poderíamos deixar de comentar sobre o feito da seleção norte-americana de basquete que espantou o fantasma das últimas edições e paparam mais um ouro, este, bastante esperado.

Os gigantes da NBA, só não fizeram chover em Pequim, chegaram à final com toda a propriedade de quem é favorito e fincaram novamente a famosíssima bandeira no topo do basquete mundial.

Invictos desde o pré-olímpico de Las Vegas, o super-time liderados por Kobe Bryant, que deveria mesmo ser chamado de Kobe Brilliant… Enfrentou a valente seleção espanhola e não deu outra, rolou sambo na quadra…

Mas não pensem vocês que o jogo foi um passeio, não… A Real Seleção do Rei Juan Carlos, quase supreendeu os USA, deixando a definição em um apertado placar de 118 a 107 para o último quarto.

Tudo vinha muito equilibrado até que Bryant chamou a responsa pra si e abriu vantagem ao emplacar uma bela cesta de 3 pontos seguida de uma falta.

A partir dae foi show de Bryant, que como disse meu parceiro… É pé frio em relação ao Brasil, mas a mão ferve em quadra com sua gangue.

Sem dúvida alguma o terceiro maior nome desses jogos.

Verdade é… Quando se trata de garrafão, ainda resta ao mundo sentar e aprender com gênios como esses que deram um sabor de quero mais à já magnânima festa chinesa, mais precisamente ao torneio de bola ao cesto.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s