Warrior

Se o nosso querido apresentador Faustão fosse o dono deste blog, iria escrever a seguinte frase:

– Ô loco meu! Esse é fera hein!

Faço das palavras mágicas de Faustão, minhas palavras neste artigo.

O chileno Fernando González salvou três matchpoints contra o algoz de Federer, o americano James Blake. Esse aí mostrou como deve proceder a garra sul-americana. Apesar de ser número 15 do mundo, o chileno dificilmente consegue títulos de expressão nos torneios da ATP Tour e Grand Slams, porém nas olímpiadas o “chico” se transforma. Ele vira seu boné para trás e transforma seu corpo em uma máquina, a la Stallone no filme Falcão, o campeão dos campeões.

Na olimpíada passada, González já havia beslicado uma medalha de ouro no torneio de duplas e um bronze no torneio de simples. Em Pequim, já garantiu sua prata e pela moral adquirida nesta última partida, já dá pra imaginar uma final sensacional.

Eu aposto todas as nossas medalhas de bronze em uma final González  x Nadal.

Um brinde à garra do rapaz. E se fosse o Guga hein????

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Warrior

  1. Bernardo

    Traldeco, quando colocar informações, coloque-as direito!!! O Gonzales em 2004, ganhou Ouro tanto em simples, como em duplas!!!

  2. Bernardo

    Esqueci de dizer, que até hoje esses foram os 2 únicos ouros da história chilena em jogos olímpicos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s